26 julho 2009

Dia de Santa Ana e de São Joaquim

No século I a.C., segundo reza a história, Ana e Joaquim viviam em Nazaré e não tinham filhos, mas rezavam para que esse sonho se concretizasse. Um dia um anjo apareceu a Ana e comunicou-lhe que ela estava grávida. Algum tempo depois nasceu uma menina que foi baptizada Maria. Ana faleceu quando a filha tinha apenas três anos.
Como foram pais de Maria e avós de Jesus Cristo, Ana e Joaquim são os padroeiros dos avós.

Por mais estranho que possa parecer só agora, que cheguei a esta avançada idade, é que fiquei a saber quem são os verdadeiros padroeiros dos Avós. É uma história linda e justa. Estes Avós merecem a distinção e que se celebre o seu dia com pompa e circunstância. Mas a propósito deste dia e brincando um pouco vou dizer uma frase que talvez venha a propósito. Porque é que no meu tempo não havia Gloco (lembram-se deste anúncio?). Pois é!!!! Quando eu era pequenina não se celebrava este Dia e a história judaico-cristã já celebrava estes padroeiros.

Coisas da era moderna e da sociedade de consumo em que vivemos...

De qualquer modo tenho que dizer que a ideia é agradável ao meu coração de avó e soa bem aos meus ouvidos quando recebo os telefonemas das minhas netas e estas me enchem de mimos, beijinhos e palavras lindas que sabem bem em qualquer altura.

Obrigada aos meus filhos e noras que me proporcionaram esta grande realização.

Não posso, porém, terminar este post sem lembrar os meus queridos Avós e Bisavó que conheci, por quem tive sempre uma ternura imensa, sem falar do que já cá não estava quando nasci mas cuja presença sempre senti como sendo o meu Anjo da Guarda de todas as horas.

Imagem retirada do blogue Educação de Infância, que recomendo vivamente e onde se encontra um poema lindíssimo, de autor desconhecido, dedicado aos Avós.

8 comentários:

  1. Já não tenho avós.
    E, de vez em quando, sinto que algo deles me faz falta.

    Incentivo todos os netos a valorizarem os seus avós. Não os tratem como velhos. Porque não são.
    Apenas mais idosos. O que não é o mesmo.
    Limitem-se a amá-los.

    Avó Tite, um dia bom para ti.
    :)

    ResponderEliminar
  2. Bem....

    Por esta é que eu não estava à espera!!!

    Ser Avó já indicia que se esteja velhota ou fora do prazo mas, trocar os blogs e, apesar da correria para corrigir o engano, não ter conseguido é de facto uma frustração, mas... porque não uma Leoa Assanhada assumir que também é Avó e Babada ainda por cima?

    Amigos, perceberam que foi engano de Avó trôpega ou Avó Babada que também quis homenagear os Avós de todas as côres e em especial os Verdes?

    Pois agora já não vou corrigir nada e cada qual interprete como quiser.

    Beijos a todos os Avós como eu e aos seus netos ainda mais.

    ResponderEliminar
  3. Percebi que seria um lapso mas sem qualquer importância.

    Há avós de "todas as cores" e não têm menos nem mais valor por isso.

    Qual o problema em colocares um "post" dedicado aos avós num blogue onde habitualmente falas do SCP?
    No problem.

    E como vês, até nisto te demonstro, como se fosse preciso, que não sou faccioso.
    Seria incapaz de deixar de comentar este "post" só porque ele está inserido num blogue que atira para o verde (sem ofensa).
    Comentei com todo o gosto porque o tema é muito mais agradável do que todo o desporto junto.

    Obrigado, Amiga.

    ResponderEliminar
  4. Sem dúvida amigo,

    Só que eu pensei que o tinha apagado e quando verifiquei que não... já tinha comentários achei melhor não lhe mexer pois daria bué de trabalho estar a transferir comentários.

    Só que, tal como tu, quem tiver os dois blogues linkados percebe logo como estou a ficar... digamos, sem pejo e para ser mais suave, em português do Brasil, "biruta".

    ResponderEliminar
  5. Desde que fui pai, passei a olhar para os meus pais de uma outra forma, quase inexplicável. Não que passasse a gostar mais deles, mas o reconhecimento e a profunda gratidão por tudo que fizeram por mim veio ao de cima. Porque o amor eterno e único que eu nutro pela minha filha e tudo que lhe estou a fazer, também eles fizeram por mim. Conheci todos os meus avós e uma bisavó. Ainda tenho uma avó com 93 anos. Também desde que fui pai reconheço que os avós acabam por ser pais duas vezes e por isso sentem uma felicidade enorme.

    Um abraço Tite

    ResponderEliminar
  6. Amigo LT,

    Com este post, aqui publicado por engano, acabei por revelar a minha faceta mais... "delicodoce" que aqui passava despercebida devido ao acalorado das discussões.

    Espero que não volte a acontecer pois quero continuar a ser uma pessoa lúcida e não errar assim... com tanta facilidade, mas ao menos fico feliz por receber estes comentários tão repletos de amor como o que demonstraste por todas as gerações que compõem a tua família.

    Que consigas passar esse importante testemunho à tua filhota é o grande desejo desta Avó Leoa babada.

    Abraços verdes de alegria

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita!

Agora... é só deixar um comentário.
A Leoa Assanhada fica verde de contentamento.