19 março 2010

E que tal exigir mais um inquérito?

Motivos existem até demais!!!!

1º - As palavras de Salema Garção a querer encher o Estádio com palavras incendiárias de apelo ao confronto "infernal". Não era essa a intenção? Não tenho garantias e por isso só poderei ser esclarecida através de um... inquérito.


2º - Izmailov recusa-se a jogar por não se sentir em condições físicas para se empenhar "à sua maneira" num jogo de vital importância para o Sporting.


3º - O Médico do Sporting, após avaliação técnica das suas condições afirma que o jogador pode alinhar sem correr riscos de agravamento. (Se nos lembrarmos que na época passada este mesmo jogador suspendeu a sua atuação para ser intervencionado o que, também por decisão da Direcção Médica, só ocorreu após início da temporada 2009/2010... compreender-se-à a atitude do jogador)

4º - Costinha, que não é médico nem pode sentir as dores de Izmailov, acha por bem expulsar o jogador da Academia tratando-o abaixo de cão aos olhos da opinião pública crucificando-o, como bode expiatório, perante o resultado final da eliminatória.

Foi para isto que Costinha foi contratado? Não tenho garantias e, portanto, exijo um inquérito para apuramento da verdade, só a verdade e nada mais que a verdade.

Já agora... que tal aproveitar-se a prática adquirida pelos Deputados da nossa Assembleia da República que, depois de ouvirem o nosso 1º Sócrates, poderiam ouvir estas eminências pardas do futebol que, na minha fraca opinião, anseiam por protagonismo nem que seja pelas piores razões. A sua experiência é muita, apuram tudo em... 60 dias no máximo e pelo menos têm ocupação extra justificável para... NADA FAZEREM!

Ao que isto chegou!!!!

10 comentários:

  1. Como compreender um homem (Costinha) que quando assumiu as suas funções afirmou que ia tornar o balneário numa coisa hermética, deixando presumir que tudo seria tratado internamente e sem fugas, tivesse revelado ontem, antes do início do jogo, o que se tinha passado com o Izmailov?
    Mesmo dando de barato que a questão surgida tivesse tido como causa o que se disse seria, no mínimo, exigível, que os responsáveis leoninos tivessem resguardado a equipa.
    Acontece que nada do que tem vindo a ser dito é verdade.

    Como se pode admitir que os jornalistas em serviço no Alvaláxia tivesse sabido da situação através da palavra pseudo categórica de Costinha, antes do início da partida deixando que a especulação tomasse conta do acontecimento?

    Carlos Carvalhal tem tudo e quase todos contra ele.
    Foi sensato da sua parte não ter referido este acidente nem na flash interviu nem na conferência de imprensa.

    Assim, não há treinador nem jogadores que resistam.

    Nitidamente, o Sporting estava a subir de forma e de rendimento.
    Fico com a sensação que alguém quer mesmo a instabilidade.

    Imagina, Tite, que eu benfiquista assumido fiquei e estou fulo com este momento de consternação do grupo.
    É que tudo isto poderá ter ajudado ao fracasso da noite de ontem. E eu tinha gostado que o teu Sporting se juntasse ao meu Benfica nos quartos de final da Liga Europa.

    Venha de lá a comissão de inquérito. Mas com ética.

    ResponderEliminar
  2. Vês por que razão eu prefiro aguardar pelo inquérito?

    Não dá para entender.
    Hermético??? Nada!!!!!
    Um Director Desportivo que não aparece junto aos jogadores nem junto ao treinador.
    Um Team Manager que deveria ter recolhido após o aparecimento do DD Costinha e que continua a querer protagonismo!?!?!?!

    Vou aguardar pela ética???
    Vou aguardar pelo inquérito.
    Vou aguardar por... melhores dias.

    Parabéns pelo teu Benfica!

    ResponderEliminar
  3. "Se há jogador que nada pode ser apontado em termos profissionais (antes pelo contrário, deu mais que uma vez provas do seu profissionalismo: a época passada jogou muito tempo sem estar a 100% o que originou o agravamento da lesão e posterior aumento do período de recuperação; a sua afirmação que não queria receber enquanto não pudesse dar o real contributo à equipa; o jogo que esta época fez contra o Porto depois de na véspera ter estado internado e a sôro devido a uma virose: entre outras situções pelas quais se torna num elemento extremamente apreciado por todo o grupo de trabalho) esse jogador chama-se Marat Izmailov. Se ele disse que não se sentia em condições é porque realmente não se sentia (e faz todo o sentido que um jogador que teve mais de 6 meses de ausência devido a uma lesão grave tenha receio de arriscar quando sente dôres onde foi operado e esteja de alguma forma em equação a sua própria carreira). Mais, tenho a certeza que Marat gostaria de jogar esta partida tanto ou mais que os seus companheiros. Por isso não acho de maneira nenhuma correcta a forma como foi tratado pelo (recém-chegado) Costinha. Pareceu-me arrogante, com laivos de ditador implacável numa errada "sede" de mostrar serviço e passando até (mais uma vez, coitado..) por cima da opinião do treinador. Não é assim que se gere um grupo de trabalho (primeiro está o homem e seu bem-estar depois o futebolista, vide o caso do Carriço que também estava apto mas que se resolveu não arriscar na respectiva utilização por a mesma colocar em causa a inerente condição do jogador), não é assim que se ganha o respeito dos jogadores (certamente nenhum deles gostou de ver um dos seus colegas mais respeitados posto nesta humilhante e injusta situação).


    Por último, sabe-se que Izmailov faltou ao treino de hoje, pois bem, se fosse comigo, depois do que se passou, faria exactamente a mesma coisa." in Balakov 10.
    E eu digo mais, parece que o jogador foi expulso da Academia... acham que ele hoje se devia lá apresentar?????? Para quê?

    ResponderEliminar
  4. Tite
    Custa-me o que se está a passar com o Marat Izmailov.
    Está a ser vítima dos arrogantes pseudo directores.
    Ontem até convocaram uma conferência de imprensa onde, para além do Costinha estava o médico do Clube.
    Em consonância de ideias, estúpidas ideias, quiseram mostrar que o russo não tinha razão.
    Mas nada do que foi dito nessa conferência de imprensa corresponde à verdade.


    Estamos, julgo, na presença de um gesto cobarde dos dirigentes sportinguistas.
    Se não querem o jogador no clube, sejam frontais e não o "queimem".

    E ainda vêm com o argumento que indicava terem Caneira e Pedro Mendes actuado em inferioridade física.
    Se o fizeram foi porque não havia mais jogadores tal era a razia de lesões e castigos.
    E se o fizeram, os dirigentes serão, pelo menos moralmente, punidos pela responsabilidade do agravamento dessa inferioridade física.

    ResponderEliminar
  5. Geromel interessa ao Sporting.

    http://oladodofutebolquenuncaviram.blogspot.com/2010/03/geromel-interessa-ao-sporting.html

    Vejam, abraço.

    ResponderEliminar
  6. Amigo,

    Agora já estou convencida que, no meu clube, ninguém quer valorizar os seus activos.
    Como é que pode!!!!
    Se queriam desfazer-se deste jogador deveriam fazê-lo sem o desvalorizar aos olhos dos potenciais pretendentes.
    Que raio!!!! É só tiros nos pés.

    O nosso país é mesmo um país de patrões e não de gestores.

    Vou continuar a ver até quando o baile continua. Sim porque este é um baile mandado mas muito mal mandado.

    Assim nunca mais reduzimos as dívidas.

    ResponderEliminar
  7. Há mais para dizer sobre este infeliz caso.
    Izmailov faltou aos treinos do "day after".

    Como não haveria de faltar? O homem tinha comunicado que nesse dia teria que se deslocar ao Consulado. Tinhas compromissos de ordem privada e tinha sido autorizado a ausentar-se.

    Além de que o jogador tinha sido expulso da Academia.
    Se foi expulso e não tinha recebido autorização para regressar, em que ficamos?

    O principal responsável tem nome: José Eduardo Bettencourt.
    Os outros "papagaios" ajudaram à festa.

    Tite, bom fim de semana e um beijnho.

    ResponderEliminar
  8. Não entendi nem entendo as palavras de Salema Garção.


    É duma irresponsabilidade incrível.

    tenho um comentário do Blogue

    ResponderEliminar
  9. Costinha (ou José Eduardo Bettencourt?) dão o dito por não dito.

    Depois de se ter escorraçado e tratado abaixo de cão o atleta Marat Izmailov proibindo-o de entrar na Academia e dizendo claramente que não contaria com o russo no Clube, vem agora sugerir que se poderá "fumar o cachimbo da paz".

    Francamente não entendo!

    Será porque o Lokomotiv de Moscovo voltou à carga pelo jogador, informando que irá insistir no seu regresso à terra natal?

    Pois...

    ResponderEliminar
  10. Ou porque levou nas orelhas de quem de direito por estar a dar cabo de mais uma pepita de ouro que não nos podemos dar ao luxo de alienar.

    Se arrepiou caminho, e podes crer que não tenho lido nada sobre o assunto, tal é a minha zanga, só posso estar de acordo, depois do que tenho comentado aqui no Leoa.

    Já agora... parabéns pela Taça deste ano. Esta foi ganha com merecimento e contra um adversário que mereceu a derrota por todo o comportamento que teve fora e dentro do campo.
    A do ano passado estará sempre atravessada nos nossos corações.

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita!

Agora... é só deixar um comentário.
A Leoa Assanhada fica verde de contentamento.